22 de fev de 2012

2º maior evento do trade turístico no Brasil, o Salão do Turismo é Cancelado

Ricardo Moesch, diretor do Departamento de Estruturação do Ministério do Turismo acaba de confirmar durante a primeira reunião do ano do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), que acontece em Brasília, que o Salão do Turismo Roteiros do Brasil que seria realizado em julho, em São Paulo, não ocorrerá mais este ano. "Está confirmado. Não teremos o Salão porque é um ano eleitoral, além da Rio+20 e não haverá tempo hábil para a realização do mesmo", informou. Moesch confirmou que o evento volta a ser realizado normalmente em 2013 em data a ser definida.

O fator que pesou mesmo para o cancelamento foi a decisão da presidente Dilma Rousseff de convocar o MTur para realizar ações no Rio de Janeiro em junho, durante a Rio+20 destacando temas voltados para a sustentabilidade. Segundo Isabel Barnasque, coordenadora do Salão, seria impossível realizar as duas ações em tão curto espaço de tempo. "Seria impossível preparar estes dois eventos e a presidenta Dilma Rousseff nos pediu prioridade para a Rio+20", destacou ela.

A secretaria Nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita, confirmou que até o final de abril estará lançando o edital do Salão de Turismo de 2013. "Não sabemos se ele será mantido em julho. Posso garantir que a interrupção do evento não irá prejudicar o Programa de Regionalização do Turismo, pois as ações terão continuidade", adiantou. Segundo ela o modelo do Salão vai mudar e para isso haverá uma discussão com os estados. Ela confirmou que a idéia do MTur será realizar o Salão apenas de dois em dois anos. "Nos anos alternativos vamos discutir a criação de um outro evento como vai acontecer este ano com a Rio + 20", adiantou.

Antes mesmo de saber da decisão do MTur, Domingos Leonelli, presidente do Fornatur manifestou sua preocupação com o cancelamento do Salão. "Não é bom que isso ocorra, pois se cria um hiato de dois anos entre os eventos e lembro que o Salão é a principal vitrine do turismo brasileiro para o público e uma oportunidade de divulgar os destinos. É lamentável que isso venha a ocorrer", adiantou.

Informação do Instituto Brasileiro de Turismólogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.